sexta-feira, 3 de outubro de 2014

10 anos de amizade


Amigas, dá pra acreditar que já são 10 anos de amizade? Tô tão surpreso quanto vocês, porque parece que foi ontem! Lembram como nos conhecemos de forma até bizarra, e triste? Justamente no funeral da Mary Alice, que graças a vocês, consegui compreender muito desde que partiu. E graças a ela, pude construir uma relação linda e invejável com vocês quatro.

Susan Mayer, minha querida! Você me conquistou por completo quando te vi pela primeira vez. Lembro de ter provado seu péssimo macarrão com queijo durante o funeral na casa dos Young, e o quanto aquilo me fez mal durante uma semana inteira! Mas lembro também de ter testemunhado seu primeiro encontro com Mike Delfino, o seu “the one”. Não consigo conter o riso quando lembro da sua filha, Julie, tirando informações do vizinho encanador só para ele poder entrar de vez na sua vida. Guardei seu segredo quando incendiou a casa de Edie Britt por acidente, e estive ao seu lado quando sua própria esteve em chamas e foi obrigada a viver em um trailer. Senti sua agonia quando Julie ficou refém de uma louca em um supermercado, e aplaudi seu casamento simples com o homem da sua vida, no meio da floresta. Sempre amei seu jeito atrapalhado, desengonçado, ingênuo, infantil. Continue assim.

Lynette Scavo, sua luta foi uma inspiração. Queria poder dizer que todas as mulheres tem a força que você tem. Sempre carregou um tom moral e altamente emocional, que nunca deixou de me fascinar. Admirei muito a forma como criou seus quatro filhos, antes do nascimento do quinto bebê. Sua batalha contra o câncer foi digna, lembro como ontem, também. Desde o momento do diagnóstico, até aquela linda noite em que recebeu a notícia de que estava curada. Não pude conter minhas lágrimas. Senti meu mundo desabar com o seu durante a passagem do tornado, quando todos nós acreditamos que ao menos um membro da sua família havia perdido a vida na tragédia. E quando Carolyn Bisby disparou contra você dentro do supermercado? Senti meu coração parar. Você sempre representou tanto na nossa vida. Só quero que você saiba que tem um valor enorme. Nunca se sinta sozinha.

Gabrielle Solis, eu nem tenho palavras pra você. Mesmo vivendo dramas pesados, como a descoberta de sua filha biológica Grace, em nenhum de nossos encontros você conseguiu me deixar pra baixo, com esse carisma incrível e a vaidade acima de tudo. Sua gargalhada sempre será um charme à parte, nunca deixou de me contagiar. E sua transformação foi deliciosa de acompanhar, afinal, não é segredo que seu egoísmo quase lhe impediu de fazer amigas em Wisteria Lane. Você, como as outras, também merece aplausos. Mostrou uma força incrível quando seu marido, Carlos, ficou cego e você teve que sustentar a casa como podia. Especialmente quando Juanita e Celia chegaram às suas vidas. Eu te amo muito, muito mesmo.

Bree Van De Kamp, você foi a figura mais intrigante à primeira vista. Mas passei a te amar no primeiro jantar que estive presente com sua família, ao ver o quanto era desvalorizada por eles. Seus filhos, e seu marido, pareciam incapazes de enxergar seus esforços. Por isso, sofri ao seu lado em cada maldade deles. Senti sua dor quando se viu obrigada a abandonar o Andrew na estrada, por não ter mais condições de dividir um teto com ele. Mas também senti seu arrependimento, e aplaudi quando sua relação com o filho mais próximo foi melhor trabalhada no decorrer dos anos. Você sempre foi o tipo de mulher que fazia qualquer homem se apaixonar muito rapidamente. Infelizmente, no seu caso, acabou fisgando também vários errados. Desprezei o George Williams, e odiei Orson Hodge grande parte do tempo, especialmente pela forma como ele optou por finalizar a história com você. Chuck Vance foi outro erro absurdo, mas fico feliz por você ter encontrado um homem digno que realmente vale a pena. Você, Bree, que sempre foi taxada como a “vadia fria” e “perfeita”, que foi julgada por todos que a conheciam, mas que na verdade não tinha controle algum sobre o ambiente em que vivia. Sua “perfeição” era tamanha, que acabou tendo sérios problemas com álcool. E eu, mais uma vez, te aplaudo de pé, pois te vi “crescer” de uma forma inimaginável na última década, sempre para a melhor. Te amo muito por isso.

Não poderia deixar de relembrar da nossa saudosa Edie Britt, que partiu tão repentinamente, e de forma tão injusta. Mas amei essa mulher, talvez mais do que qualquer um dos homens os quais ela se envolveu. Mesmo em seus momentos mais cruéis, eu conseguia compreendê-la. Deixou tantas saudades que é difícil descrever.

Pois é meninas. Já faz dois anos que cada uma de vocês decidiu seguir a vida fora de Fairview. Dois anos desde que nos encontramos pela última vez. Enquanto isso, continuo vivendo aqui, no 4352 de Wisteria Lane. E todos os dias, lembro dos vários momentos que vivi ao lado de vocês. Alegres, tristes. Das brigas, das reconciliações. Dos conselhos. De tudo. Não se esqueçam jamais que, sempre que desejarem fazer uma visita, a porta da minha casa estará aberta. Seja para um simples café, ou até mesmo para um jogo de pôquer. Estarei sempre aqui, e sei que vocês estarão lá para mim também.

Finalizo agradecendo, novamente, pelos anos maravilhosos de amizade que vocês me concederam. Amo a cada uma de forma incondicional. Saudades imensas!

Atenciosamente,
                                                           Felipe Scavo

domingo, 21 de setembro de 2014

Morre a atriz Polly Bergen, aos 84 anos


A atriz veterana Polly Bergen faleceu na manhã deste sábado (20/09), aos 84 anos.

Segundo informações, a hora da morte foi às 11h da manhã (horário local), de causas naturais. Ela estava cercada pelos familiares e pelo empresário de longa data.

Bergen tinha 62 anos de carreira artística, tendo recebido um Emmy Award em 1958 por seu papel como Helen Morgan na série “Playhouse”.

Em “Desperate Housewives”, a atriz esteve presente durante 10 episódios como Stella Lindquist, mãe de Lynette Scavo (Felicity Huffman). Sua primeira aparição ocorreu no último episódio da terceira temporada, “Getting Married Today”, quando chega à Wisteria Lane para cuidar da filha com câncer. A série apresentou a personagem pela última vez no episódio “Flashback”, da 7ª temporada, quando visita a família Scavo com seu novo marido, Frank Kaminsky (Larry Hagman) e acaba ficando milionária quando ele repentinamente morre.

sexta-feira, 5 de setembro de 2014

Jesse Metcalfe revela que não estava originalmente escalado para papel em “Desperate Housewives”


Em entrevista ao HuffPost Live na última quinta-feira (04/09), Jesse Metcalfe revelou que não foi originalmente escalado para interpretar o jardineiro John Rowland em “Desperate Housewives”. O ator, que atualmente estrela e promove a 3ª temporada de “Dallas”, remake da série clássica exibida pela TNT, teve destaque em Wisteria Lane ao interpretar o amante e interesse amoroso de Gabrielle Solis (Eva Longoria), durante 22 episódios intercalados nas temporadas 1, 2, 3, 4 e 6.

“Eu não tinha ideia do quanto ‘Desperate Housewives’ fosse fazer sucesso. Eu não tinha ideia”, disse ele. “Eu não estava originalmente escalado para esse papel. Por alguma razão ou outra, decidiram reescalar o elenco e eu fui sortudo o suficiente para estar no lugar certo, na hora certa, e encaixar no John.”

Na série, Gabrielle Solis seduziu o estudante do ensino médio John Rowland enquanto seu marido, Carlos Solis (Ricardo Chavira) estava ocupado no trabalho.

Sobre a história que envolveu o casal na série, Metcalfe comenta: “acho que o sucesso dos dois também teve muito a ver com o fato de estar trabalhando com Eva Longoria. Nós tínhamos uma grande amizade e uma ótima química. Foi realmente um golpe de sorte.”

Além de Jesse, o elenco de “Dallas” ainda conta com Brenda Strong e Josh Henderson, que interpretaram Mary Alice Young e Austin McCann em “Desperate Housewives”.

quinta-feira, 21 de agosto de 2014

Eva Longoria fará participação em “Brooklyn Nine-Nine”


Eva Longoria irá retornar às noites de domingo na TV com uma participação especial na série da FOX, “Brooklyn Nine-Nine”.

A atriz, que foi indicada ao Globo de Ouro por seu desempenho como Gabriele Solis na série de sucesso da ABC, “Desperate Housewives”, irá interpretar Sophia, uma advogada de defesa que irá despertar a atenção do protagonista Jake Peralta (interpretado por Andy Samberg). Segundo informações oficiais, a participação da atriz se dará em um arco narrativo com duração de três episódios, mas ainda não se sabe em qual ela entrará no ar.

Além de Longoria, a atriz Kyra Sedgwick também foi escalada para interpretar uma inimiga de longa data do Capitão Ray Holt (Andre Braugher). A segunda temporada de “Brooklyn Nine-Nine” tem estreia marcada para o dia 28 de setembro na FOX.

Após “Desperate Housewives”, que durou oito temporadas e foi finalizada em 2012, Eva Longoria apareceu na TV apenas em participações especiais. Ela deu a voz à personagem Rudi Wilson, na série animada “Mother Up!” por treze episódios. Além disso, apareceu em “Welcome to the Family” como Ana Nunez, série já cancelada que teve como um dos protagonistas o ator Ricardo Antonio Chavira (Carlos Solis, de “Desperate”). No cinema, Eva esteve presente em “Crazy Kind of Love” (2013), e mais recentemente, em “Frontera” (2014). Também gravou “Any Day”, sem data de lançamento confirmada; “Visions”, que se encontra em pós-produção; e atualmente grava cenas de “Refugio”.

terça-feira, 12 de agosto de 2014

Kyle MacLachlan entra para o elenco de “Agents of S.H.I.E.L.D.”


O ator Kyle MacLachlan, que durante seis anos interpretou Orson Hodge em “Desperate Housewives”, foi oficialmente escalado para a 2ª temporada da série da ABC, “Marvel’s Agents of S.H.I.E.L.D.”.

Desde que a série estreou, em setembro de 2013, um dos mistérios que rondam a trama principal é a identidade dos pais de Skye (Chloe Bennet). O tema foi pauta de constante discussão entre May (Ming-Na Wen) e Coulson (Clark Gregg) e que culminou no clímax do final da 1ª temporada, quando Raina (Ruth Negga) entregou a uma pessoa desconhecida uma foto de Skye alegando que ela teria encontrado a filha dele.

Fontes confirmam que Kyle MacLachlan foi escalado para interpretar o pai de Skye, mas ainda não há confirmação de quando o personagem irá dar às caras, e nem por quanto tempo ficará na série.

Agents of S.H.I.E.L.D.” retorna com sua 2ª temporada no dia 23 de setembro, às 21h (horário local), na ABC.

“Deixei Hollywood para criar meus filhos”, diz James Denton


O ator James Denton estava desesperado para levar seus filhos para fora de Los Angeles depois de oito anos trabalhando em “Desperate Housewives”, da ABC, que terminou em 2012.

Denton, de 51 anos de idade, estrelou como o encanador Mike Delfino no show de sucesso desde o episódio piloto, em outubro de 2004.

“Eu queria tirar meus filhos de LA”, disse ele em um artigo da revista People. “Então mudamos para Minnesota imediatamente. Eu também tenho uma casa em Montana, que é a nossa fuga de Minnesota!”, acrescentou.

James casou-se com a treinadora pessoal Erin O’Brien em dezembro de 2002, e eles têm um filho de 11 anos, Sheppard, e uma filha, Malin, de nove anos.

“A casa principal está em Minneapolis porque a família da minha esposa existe e mora lá”, James disse à revista.

Segundo suas informações, a família Denton iria se mudar para Montana, mas uma irmã de Erin foi diagnosticada com câncer de mama em 2013 e eles desviaram o caminho para Minnesota.

“Sempre que é possível, nos dirigimos para o meio do nada em Montana; vivemos em uma cidade pequena. É calma e tranquila, ideal para realmente se conectar com a minha família”, acrescentou.

James disse que não tem arrependimentos, afastando-se da segunda maior cidade culturalmente diversificada dos Estados Unidos.

“Definitivamente foi a decisão certa para nós. Só tenho uma chance de ser um bom pai para eles”, afirmou.

Denton também revelou que ainda é abordado por fãs, mesmo em Montana: “Eu fui ao Detran esta manhã e a mulher que estava me ajudando estava falando sobre o quanto sente falta de ‘Desperate Housewives’. Foi lisonjeiro”, ele disse com uma risada.

Confira o trailer de “American Crime”, estrelada por Felicity Huffman


A nova série de Felicity Huffman na rede americana ABC, estreia apenas entre janeiro e março de 2015, mas o trailer já está disponível na internet. Confira:


No novo drama, Felicity interpreta Barb, uma mãe batalhadora que tem o filho assassinado e luta para que os responsáveis sejam presos. Saiba mais clicando aqui.

sexta-feira, 30 de maio de 2014

“Devious Maids” estreia no canal Bio no dia 5 de junho


O canal da TV paga BIO anunciou suas novidades para o mês de junho. Entre elas, a estreia da série “Devious Maids” para o dia 5 de junho, sendo exibidas todas as quintas-feiras, às 22h30.

A série, criada para a televisão americana por Marc Cherry, e que também conta com a produção executiva de Eva Longoria, é ambientada em Beverly Hills, seguindo a vida de cinco empregadas: Marisol (Ana Ortiz), Rosie (Dania Ramirez), Carmen (Roselyn Sánchez), Zoila (Judy Reyes) e Valentina (Edy Ganem), enquanto trabalham para os ricos e famosos.

A trama da primeira temporada consiste no assassinato de Flora Hernandez (Paula Garcés) já nos primeiros minutos do episódio piloto, o que desencadeia o mistério envolvendo as famílias para as quais as mulheres trabalham.

Além de ganhar exibição em canal pago nacional, a série passou a integrar o catálogo da locadora virtual Netflix há poucas semanas, com a primeira temporada completa disponibilizada.

Nos Estados Unidos, “Devious Maids” é exibida pelo canal Lifetime e atualmente está em sua segunda temporada.

Restaurante de Eva Longoria fecha as portas em Las Vegas


O restaurante com foco no feminino de Eva Longoria acabou fechando as portas menos de dois anos após a abertura em um ostentoso shopping center de Las Vegas.

Os funcionários da empresa – que servia refeições em torno de $36 – informaram que os trabalhos foram oficialmente finalizados no domingo. Os executivos ainda não responderam as mensagens que procuram mais explicações sobre o ocorrido.

O restaurante, localizado na rua Las Vegas Boulevard, teve problemas no mês passado, quando o Distrito de Saúde de Nevada temporariamente ordenou que fosse fechado. No dia 22 de abril, inspectores de saúde encontraram 32 violações de segurança alimentar, a maioria referente a manter os alimentos em temperaturas adequadas e manter termômetros precisos. Uma nova inspeção foi realizada uma semana depois, resultando em uma pontuação um pouco superior.

No entanto, os oficiais ordenaram que o restaurante fosse fechado até que as violações fossem corrigidas.  Um dia depois, o local reabriu com uma nota 10 do distrito de saúde, que se realizou no mês de maio, até que fechou suas portas para sempre no fim de semana.