segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

Sinopse da 3ª temporada de “American Crime”


A ABC divulgou a sinopse da 3ª temporada de “American Crime”, drama estrelado por Felicity Huffman, Regina King, Lili Taylor, Timothy Hutton, Richard Cabral, Benito Martinez e Connor Jessup. Confira:

Quando um pai, Luis Salazar (Benito Martinez), ilegalmente viaja do México para os Estados Unidos para procurar seu filho desaparecido, ele descobre que a servidão moderna está prosperando nas fazendas e comunidades agrícolas. Tendo um emprego e um lugar para morar como promessa, estes trabalhadores encontram-se forçados a viver em uma pobreza abjeta. Obrigados a pagar por seus próprios alimentos e outros artigos essenciais, o pouco dinheiro que eles ganham é pago de volta para seus empregadores, e porque eles estarão para sempre em dívida, nunca poderão sair.

Trabalhadores ilegais não são as únicas pessoas atingidas por este sistema. Coy Henson (Connor Jessup) é um homem jovem e branco americano, distante da sua família e irremediavelmente viciados em drogas. Quando ele inesperadamente conhece o chefe de equipe de fazenda Isaac Castillo (Richard Cabral), ele aproveita a oportunidade para recompor sua vida. Mas como desesperadamente tenta libertar-se de seu vício, ele começa a ficar desconfiado das promessas de Isaac e ciente das injustiças ocorrendo na fazenda.

Hesby Farms é uma fazenda de tomate que luta para se manter, forçada a cortar custos trabalhistas com o objetivo de competir em um mercado que continuamente demanda preços mais baixos. Jeanette Hesby (Felicity Huffman), que casou-se com a família que é proprietária da fazenda, começa a aprender a chocante verdade por trás de sua riqueza. A turbulência eventualmente irá forçá-la a tomar uma decisão moral que poderia colocá-la em desacordo com a família.

Kimara Walters (Regina King) é uma dedicada assistente social, que realmente quer ajudar os necessitados. Sem laços, solteira e em seus quarenta anos, ela desesperadamente quer ter um filho e tem dificuldade de engravidar, mesmo com a ajuda da medicina moderna. Quando Kimara encontra Shae (Ana Mulvoy-Ten), uma prostituta de 17 anos, ela quer ajudá-la a sair do negócio, mudar de vida e tomar uma posição contra o seu “trabalho”.

Nicholas Coates (Timothy Hutton) é dono de um negócio de fornecimento de móveis e está sentindo a dor dos compradores querendo itens de qualidade a preços com desconto. Em casa, ele se encontra em um casamento onde as memórias do passado parecem muito mais agradáveis do que o presente. Sua esposa, Clair (Lili Taylor), decide que quer contratar e fornecer um visto de trabalho para uma mulher haitiana, Gabrielle (Mickaëlle X. Bizet), para ser a babá do seu filho. Mas a escuridão parece envolver esta família, e Gabrielle logo descobre que o seu emprego vem com um preço exorbitante.

American Crime” é estrelada por Felicity Huffman como Jeanette Hesby, Regina King como Kimara Walters, Timothy Hutton como Nicholas Coates, Lili Taylor como Clair Coates, Connor Jessup como Coy, Richard Cabral como Isaac Castillo e Benito Martinez como Luis Salazar.

Atores convidados recorrentes desta temporada incluem Cherry Jones como Laurie Ann Hesby, Janel Moloney como Raelyn, Dallas Roberts como Carson Hesby, Ana Mulvoy-Ten como Shae Reese, Clayton Cardenas como Diego Castillo, Sandra Oh como Abby Tanaka e Mickaëlle X. Bizet como Gabrielle.

American Crime”, série indicada ao Emmy, foi criada e tem produção executiva do vencedor do Oscar John Ridley (“12 Anos de Escravidão”), e fará a estreia da sua terceira temporada no dia 12 de março, às 22h (horário local), na ABC.

Pôsteres da terceira temporada de “American Crime”


A ABC já está realizando o trabalho de divulgação da terceira temporada de “American Crime”, série indicada ao Emmy. Confira dois novos pôsteres para o novo ano:



American Crime” é estrelada por Felicity Huffman, Regina Kingn, Lili Taylor, Timothy Hutton, Richard Cabral, Benito Martinez e Connor Jessup. A estreia é no dia 12 de março.

Confira promo e fotos promocionais da 3ª temporada de “American Crime”


Falta pouco mais de um mês para a estreia da terceira temporada de “American Crime” na rede americana ABC, mas o promo com cenas inéditas da nova trama já foi divulgado pela emissora, além de fotos promocionais do novo ano. Confira:










A terceira temporada de “American Crime” estreia no dia 12 de março.

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

Brenda Strong compara suas personagens de “Desperate Housewives” e “The 100”


O que “The 100” e “Desperate Housewives” têm em comum? Não muito, até que uma nova personagem surgiu nesta temporada.

Brenda Strong, que interpretou Mary Alice Young em “Desperate Housewives” (2004-2012), juntou-se ao mundo pós-apocalíptico da rede americana CW como a rainha Nia — e ela diz que as duas personagens podem ter mais em comum do que você pensa.

“As duas são dispostos a sacrificar coisas para o bem como um todo”, diz Strong. “Mary Alice protegeu sua família e seus vizinhos de um segredo que ela sentiu que iria destruir sua família e, em seguida, a vizinhança dela”. Quanto a Nia, ela está tentando proteger o maior “bairro” da nação de gelo, então ambas mostraram auto-sacrifício para manter as pessoas seguras. Ambas se importam com as pessoas, embora de maneiras diferentes. Mary Alice liga para amigos e família; Nia “liga” para avançar a sobrevivência de sua nação. E isso é onde terminam as semelhanças.

“Não acho que Mary Alice tem a ambição que Nia tem... nem a espinha dorsal”, Strong diz com uma risada. “Mary Alice tem um coração muito bom; Nia é muito cruel”.

Mas Mary Alice tem um pouco mais em comum com outra pessoa da série: Bob Morley, que interpreta Blake Bellamy e está narrando a intro de “The 100” nesta temporada – Mary Alice era a narradora onisciente para “Desperate Housewives”. “O que ele está fazendo, está fazendo com o coração”, diz Strong, que acrescenta que o “coração” foi infundido nas narrações de Mary Alice. “Eu acho que sua narração, levando em conta o que eu ouvi, é realmente centrada no coração”. Além disso, ela acrescenta: “ele tem uma voz bonita!”.

The 100” vai ao ar às quintas-feiras, às 21h (horário local), na The CW.

sábado, 7 de novembro de 2015

Marcia Cross retorna à TV em “Quantico”


Marcia Cross está retornando aos domingos da ABC com um grande papel recorrente no novo sucesso da rede, “Quantico”, segundo o TVLine.

A estrela de “Desperate Housewives” estará interpretando a mãe de Caleb Haas (Graham Rogers), que habilmente deixou de ser uma agente do FBI renomada para se tornar uma senadora de alto escalão e agora é candidata à vice-presidência. Embora pareça ser uma política hábil e carismática ao público, sua família sabe que seus próprios objetivos vêm antes de qualquer outra coisa.

Cross não fará sua estreia na série até o início de 2016, mas quando o fizer, será em uma cena marcante. Na última semana, foi revelado que o marido de sua personagem, interpretado por Mark Pellegrino, está tendo um caso com a agente novata do FBI Shelby (que, anteriormente, teve um caso com seu filho, Caleb).

Quantico” marca o primeiro papel importante de Marcia Cross na TV desde Bree Van de Kamp, de “Desperate Housewives”, finalizada em 2012.

Estrelada por Priyanka Chopra e Jake McLaughlin, “Quantico” vai ao ar aos domingos, às 22h, na ABC.

“Telenovela”, nova série de Eva Longoria, ganha data de estreia e exibição especial


A NBC está oferecendo a seus telespectadores uma prévia de duas das suas novas séries de comédia, apostando no sucesso de um de seus maiores programas para fazer com que a audiência seja fisgada.

Dentre elas, está “Telenovela”, nova série da atriz Eva Longoria. A estreia será logo após o episódio ao vivo do reality show “The Voice”, no dia 7 de dezembro. A prévia será de uma hora, com a exibição dos dois primeiros episódios. A estreia oficial ocorre no dia 4 de janeiro.

Em “Telenovela”, Eva Longoria interpreta Ana Sofia, a estrela popular de uma novela espanhola de sucesso que na verdade não sabe falar espanhol. Ana Sofia é forçada a trabalhar com seu ex-marido, quando ele é escalado como seu interesse amoroso na tela.

A outra comédia é intitulada “Superstore”, ambientada em um local de trabalho e é estrelada por America Ferrera e Ben Feldman sobre um grupo de empregados em um grande supermercado. Por sua vez, “Superstore” terá sua prévia de 1 hora exibida no dia 30 de novembro.

Sinopse da 2ª temporada de “American Crime”


A ABC divulgou a sinopse da 2ª temporada de “American Crime”, drama estrelado por Felicity Huffman e Timothy Hutton. Confira:

Questões de orientação sexual e disparidade socioeconômica entram em ebulição quando fotos sinistras de um estudante do ensino médio, Taylor Blaine (Connor Jessup, de “Falling Skyes”), são postadas nas mídias sociais, após uma festa da escola. As circunstâncias ficam mais complicadas quando Taylor acusa dois jogadores de basquetebol de uma alta escola de elite privada, Kevin LaCroix (Trevor Jackson, de “Eureka”) e Eric Tanner (Joey Pollari, de “The Inbetweeners”), de drogá-lo, abusá-lo e depois postar as fotos dele on-line. O treinador do time, Dan Sullivan (Timothy Hutton), tenta unir os jogadores, enquanto faz vista grossa para a disfunção da própria família. A diretora Leslie Graham (Felicity Huffman) se esforça para manter a reputação da escola em face de acusações.

A mãe de Taylor, Anne (Lili Taylor), continua a ser uma firme apoiante de seu filho, apesar de ser publicamente humilhada por famílias dos alunos da escola, entre eles principalmente os LaCroixs. A namorada de Taylor, Evy (atriz recém-chegada Angelique Rivera), lida com tensão racial em sua própria escola, liderada pelo diretor Chris Dixon (Elvis Nolasco). Enquanto as duas escolas no centro da história são de mundos diferentes no status, as vidas dos estudantes e professores em ambas se tornam indissociáveis.

Em última análise, o apoio para Taylor vem de um lugar improvável; uma pessoa que Taylor e sua mãe nunca conheceram, e que habita a margem da comunidade on-line.

American Crime”, série indicada ao Emmy, fará a estreia de sua segunda temporada na quarta-feira, 6 de Janeiro, às 22h (horário local). A nova trama está situada no centro-oeste dos Estados Unidos, em duas escolas, uma pública e uma privada.

sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

“‘American Crime’ vai traçar paralelos com a realidade”, diz John Ridley


A ABC está apostando que “American Crime”, novo drama da emissora, será um sucesso e abrirá discussões quando ocorrer sua estreia, em março.

A nova série limitada do ganhador do Oscar, John Ridley (“12 Anos de Escravidão”) segue a investigação e o julgamento em tordo do assassinato racial de um veterano na cidade de Modesto, na Califórnia. A partir de várias perspectivas, incluindo personagens interpretados por Felicity Huffman, Timothy Hutton, Regina King, Benito Martinez e Elvis Nolasco.

Embora “American Crime” tenha sido desenvolvida antes da alegada onda de brutalidade policial, Ridley observa que os telespectadores vão descobrir que a série irá traçar paralelos com os acontecimentos que envolveram a morte de Michael Brown, em Nova York, e outras instâncias que fizeram manchetes nos últimos anos.

“Houve dificuldade em fazer a série, porque o que você faz, você quer que seja relevante em um certo grau”, disse Ridley aos repórteres do Television Critics Association. “Quando nós originalmente começamos a trabalhar na série, houve momentos em que nós pensamos que não éramos mais relevantes, que deixamos algumas coisas para trás. Então, conforme a série estava indo adiante, nós percebemos que, infelizmente, estávamos prevendo algumas coisas. A realidade é que esses eventos continuam acontecendo neste país”.

No entanto, Ridley insiste que nunca teve a intenção de explorar esses eventos. “Ao mesmo tempo, você quer construir um espaço em que as pessoas possam reconhecer que a série não é puramente um entretenimento vazio”, continuou. “Nós não estamos tentando reconhecer as coisas que estão acontecendo. Muitas vezes, quando se fala de uma imagem específica, não era necessariamente sobre... colocar coisas no roteiro que estão acontecendo. Às vezes é apenas um tiro, uma imagem, é algo que ressoa, seja com o ‘mãos pra cima, não atire’, ou estar sob os olhos de um policial que percebe que a situação está prestes a sair do controle. A este respeito, nós nos encontramos em um espaço onde queríamos ter certeza que poderíamos ser honoríficos com os eventos, e não se preocupar em perseguir estes eventos, mas perceber que sim, as pessoas – estando ou não com a razão –, vão perceber os paralelos que estamos fazendo”.

Ainda assim, Ridley observa que sua história é muito mais baseada em temas da perda, e reações pessoais e emocionais das famílias, tanto da vítima, quanto do agressor. “Não é sobre a polícia. Não é sobre isso. É realmente sobre a família”, disse. “Nestes eventos, podem-se demorar meses, se não anos, para conseguir lidar com a perda e, por muitas vezes, simplesmente não há uma resolução”.

De qualquer forma, os telespectadores podem obter uma resolução com os 11 episódios da primeira temporada. Como o presidente da ABC, Paul Lee, observou anteriormente: “American Crime” vai seguir o formato de “True Detective”, exibida pela HBO. A cada temporada, um novo crime e novos personagens serão inseridos. Logo, nenhum dos atores deste primeiro ano estará no segundo, caso ocorra a renovação.

American Crime” estreia quinta-feira, dia 5 de março, às 22h, na ABC.

Felicity Huffman divulga pôster da série “American Crime”


A atriz Felicity Huffman usou sua conta no twitter para divulgar o pôster de “American Crime”, sua nova série para o canal ABC. Confira:


No novo drama, Felicity interpreta Barb, uma mãe batalhadora que tem o filho assassinado, e luta para que os responsáveis sejam presos. A estreia ocorre no dia 5 de março.